Educação Nutricional para Ensino Fundamental em Escola Municipal de Cornélio Procópio/PR
Postado 19/07/2017

 
Postado por
Miriam Yoshida Nishitsuji

Cornélio Procópio - PR
(43)99918.2778 4335411775
Organização/Instituição Promotora da Experiência : Secretaria de Saúde de Conélio Procópio/ NASF/ Vigilância Sanitária
Área da Experiência: Agricultura/Abastecimento, Consumo, Educação, Saúde
Niveis Atuacao: Municipal/Local
Setor da Organização/Instituição: Público
Sujeito Idade: De 0 a 10 anos,
Número Aproximado de Participantes da Experiência : 0-50
Sujeito Caracteristica : Estudantes, Famílias, Profissionais da educação, Profissionais da saúde, Professores
Tipo Local: Escola / Creche
Tipo Experiência: Aula, Dinâmica em Grupo, Exposição, Material Audio-visual, Material Impresso, Oficina/Workshop, Palestra, Roda de Conversa
Temática: Alimentação do escolar, Alimentos ultraprocessados / alimentos industrializados, Gastronomia / culinária, Promoção da Alimentação Adequada e Saudável, Rotulagem / informação nutricional


Sobre A Iniciativa:

Este projeto foi idealizado pela Nutricionista  do NASF (Núcleo de Apoio ao Programa Saúde da Família), Míriam Yoshida Nishitsuji, do município de Cornélio Procópio (PR).

Os objetivos do projeto foram:

1)      Reforçar conceitos de Nutrição Básica;

2)      Ensinar às crianças a valorizar alimentos mais saudáveis em detrimento aos processados e ultraprocessados;

3)      Estimular o consumo de vegetais;

4)      Estimular crianças a produzirem seu próprio alimento, valorizando a comida caseira.

            Foram ministradas 3 aulas teóricas nos dias 21/03/2017, 28/04/2017 e 19/5/2017 e uma Oficina com a parceria da Vigilância Sanitária no dia 09/06/2017 para  17 alunos do 5º. Ano na faixa etária de 10 anos.



Passo A Passo:

O conteúdo das aulas foram:

  • 1ª. Aula: 

                 - Anamnese alimentar de 1 dia (final de semana), com questionário a ser preenchido previamente em casa.

                 - Roda de Conversa: “Por que Comemos?” Com a utilização de Banners ilustrados cujo objetivo foi o de refletir sobre os motivos pelos quais nos alimentamos e discuti-los.

                 - Conceito de alimentos: Construtores, Reguladores e Energéticos.

                 - Dinâmica: Montagem de pratos com a utilização de baralhos com figuras de alimentos.

 

  • 2ª. Aula: -  Introdução à Pirâmide Alimentar, e explanação dos princípios da Pirâmide (Moderação, Variedade e Proporcionalidade)

        -  Dinâmica: Montagem da Pirâmide Alimentar no Flanelógrafo, para fixação do tema.

      -  Dinâmica do Supermercado, cujo objetivo foi explicar efeitos de uma alimentação incorreta sobre nossa saúde.

     - Preenchimento de questionário alimentar, mediante os conhecimentos adquiridos até então...

 

  • 3ª. Aula: - Conceitos e efeitos dos alimentos In Natura, Minimamente Processados, Processados e Ultraprocessados. Exposição de alimentos  reais, ilustrando a transformação dos alimentos  do campo até a indústria.

 

                 - Aula  prática sobre Degustação, com o objetivo de ensinar às crianças a  apreciar um alimento, utilizando nossos 5 sentidos, com degustação de fruta in natura.

 

  • 4ª. Aula: Oficina  “Pizza Saudável”, na qual as crianças ganharam um pedaço de massa e confeccionaram suas próprias pizzas. Como recheio,  foi  oferecido legumes diversos: tomates, cebola, brócolis, vagem, cenoura e couve-flor  e também frutas: abacaxi, maçã, kiwi, uva, banana.

 



Considerações:

Conclusão:

      Os alunos assistiram às aulas com interesse e foram muito participativos.

      Estavam bastante empolgados durante a Oficina e produziram pizzas utilizando quase todos os tipos de legumes oferecidos. Durante a degustação, somente 1 aluno se recusou a  provar a preparação.

      Pela anamnese, percebeu-se que o consumo de refrigerante e guloseimas (sorvetes, chocolates, macarrão instantâneo, salgadinho industrializado), se dá em sua grande maioria, nos finais de semana.

      Durante a semana, a alimentação escolar consegue contemplar todos os Grupos de Alimentos, e tem boa aceitação pelos alunos, constituindo-se de uma importante fonte de nutrientes para as crianças.

      Em 50% dos questionários de anamnese alimentar analisados, houve a ausência de vegetais.




Custo da Experiência (R$): 120,00

Origem do Recurso/Fonte Financiadora da Experiência: Recursos próprios


Álbum de Fotos da Experiência



* Nenhum arquivo encontrado!


Experiências Relacionadas







Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui